Itália: uma freira que não sabia ser grávida dá

o bebê foi nomeado Francesco em homenagem ao Papa Francis. A mãe deseja manter a criança.

por Constance Jamet e AFP, AP, Reuters Agências

Postado em 20/01/2014 às 10:54, atualizado em 20/01 / 2014 em 15:07

O corriere della terá encontrado uma foto de Roxana Rodriguez, aqui mostrada em pronunciando seus desejos em 2012. o corriere della será encontrada uma foto de Roxana Rodriguez, aqui mostrou pronunciava seus desejos em 2012.

ela se tornou apesar dela O mais famoso religioso do ano na Itália. Hospitalizados pela dor abdominal grave, uma freira de um convento perto de Rieti, uma cidade no centro da Itália, perto de Roma, ficou surpresa ao dar à luz um menino na quarta-feira, despertou um impulso de solidariedade e curiosidade no país. Originalmente de Salvador, irmã Roxana Rodriguez entregue em setembro de 2012, seus desejos de castidade, pobreza e obediência nos pequenos discípulos de Jesus. Ela alega que nunca percebeu estar grávida até a chegada do filho que ela batizava Francesco, em homenagem ao Papa Francisco. Ela tinha atribuído seu ganho de peso a problemas digestivos e também pensou em sofrer de uma infecção urinária.

De acordo com o assistente social que a conheceu, a nova mãe está cheia. A irmã Roxana Rodriguez disse a ele, de acordo com Corriere della Will, “sentir-se mais as coisas de uma mãe do que uma freira. Eu não me sinto culpada e pretendo mantê-la e levantá-la”. “É um presente de Deus. No entanto, estou preocupado com o impacto desse caso. Eu nunca serei capaz de voltar a El Salvador, muito menos Rieti”, acrescentou ela.

DIV> Este conteúdo não é acessível.
Para acessá-lo, clique aqui

Voltar para a vida secular

e acordo com o italiano Jornais, o pai da criança seria um suspiro da juventude Roxana Rodriguez. Ela o teria visto de volta a Salvador em março passado, quando ela renovou seu passaporte. Este homem ainda não foi informado da existência da criança.

Roxana Rodriguez escreveu uma carta de desculpas para a parte superior da mãe dos pequenos discípulos de Jesus. O gerente do convento onde Roxana Rodriguez não escondeu sua decepção de que a freira “não podia resistir à tentação”. O bispo de Rieti confirmou que o salvadorão de 33 anos deve deixar o convento e retornar a uma vida civil e secular. A equipe do hospital organizou uma coleção de dinheiro, vestuário, camadas de fraldas e equipamentos de crianças. Vários indivíduos também se manifestaram. O prefeito de Rieti prometeu ajudar a família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *