Rio Regulamento: DNA

transporte interior de DNA por via navegável

O acordo europeu sobre o transporte internacional de mercadorias perigosas por navegação interna (DNA) feita a Genebra

Em 26 de Maio de 2000, sob os auspícios da Comissão Económica das Nações Unidas para a Europa (UNECE) e da Comissão Central para

A navegação do Reno (CCNR), entrou em vigor em 29 de fevereiro de 2008.

A versão atual é a de 2021.

O DNA suplementado pelo pedido “TMD” de 29 de maio de 2009, contém disposições relativas a materiais e objetos perigosos, seu transporte em parcela ou a granel nos barcos da Navi Barcos interiores ou petroleiros, bem como disposições relativas à construção e operação de tais barcos. O DNA também rege os regulamentos e procedimentos relacionados a visitas, no estabelecimento de certificados de aprovação, a aprovação de empresas de classificação, derrogações, controles, treinamento e exame dos especialistas. Na França, também deve ser tido em conta o RGP (Regulamentos Gerais da Polícia de Navegação Interior) e RPPs (particular Regulamentos policiais).

Estrutura:

O DNA tem nove partes:

Parte 1 provisões gerais

Parte 2 Classificação

Parte 3 Lista de mercadorias perigosas, provisões especiais e isenções para quantidades limitadas e excelentes quantidades

Parte 4 Disposições relativas ao uso de embalagens, tanques e engrenagem de transporte para a granel

5 Procedimentos de envio

Parte 6 Requisitos para a construção de embalagens (incluindo Grv e grande embalagem), tanques e engrenagem de transporte para a granel e Para os testes que devem ser submetidos

Parte 7 Requisitos para carga, transporte, descarga e manuseio da carga

Parte 8 Programas para tripulações, equipamentos, operações e documentação

Parte 9 regras de construção

Como no ADR e o RID, a parte 1 do DNA contém todas as definições do Termos utilizados nas outras partes e definiram precisamente o escopo de aplicação, bem como as possíveis isenções e a possível aplicabilidade de outros regulamentos. Contém também as disposições relativas à formação, derrogações, medidas transitórias, as respectivas obrigações das diversas partes interessadas numa cadeia de transporte de mercadorias perigosas, as medidas de controlo, aos consultores de segurança, as restrições dos transportes pelas autoridades. Competente, A aprovação da sociedade de classificação e o procedimento para a emissão do certificado de aprovação.

Tabela A de DNA Capítulo 3.2 Contém a lista de mercadorias perigosas, classificadas pela ordem Número da ONU . Esta tabela indica por referências cruzadas, os requisitos específicos que se aplicam ao transporte das mercadorias em causa, bem como os capítulos contidos nos detalhes desses requisitos.

Aplicabilidade:

O DNA concluído pelo Decreto TMD aplica-se a transportes nacionais ou internacionais de mercadorias perigosas por Rotas de navegação, incluindo operações de carregamento e descarregamento, transferência de um modo de transporte para outro e para os julgamentos exigidos pelas circunstâncias do transporte.

Os controles para verificar A aplicação adequada do DNA está sob a responsabilidade da autoridade competente de cada estado signatário do acordo. Na França, a autoridade competente é o ministro encarregado do transporte terrestre de mercadorias perigosas.

O DNA aplica-se às seguintes principais partes interessadas: o remetente, a transportadora, a transportadora Destinatário, e, se necessário, o carregador, o Packer, o enchimento, o operador de um recipiente de cisterna e, finalmente, o descarregador. Várias partes interessadas para as quais as obrigações de segurança são premiadas podem ser uma e a mesma empresa.Por outro lado, as atividades e obrigações de segurança correspondentes podem ser assumidas por várias empresas.

A aplicação correta das regras do DNA repousa sobre o treinamento obrigatório de todos os As pessoas envolvidas no transporte de mercadorias perigosas e pela presença obrigatória de um consultor de segurança nas empresas em questão, responsáveis por ajudar a prevenção de risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *