Sequência de Terminal Longa Repetida


Nome e Tailmodificação

O genoma do fermento Saccharomyces Cerevisiae contém cinco famílias retrotranspap: TY1 para TY5. Os LTRs desses 5 elementos são diferentes em tamanho e sequência e são designados por letras gregas.

nome e tamanho do LTR ty1 δ334pb ty2 Δ332pb ty3 σ340pb τ371pb ty5 ω251pb

compositificador

São todos subdivididos em três regiões, referidas em relação à sua posição sobre o mRNA: U3 (ó áris em 3 “do RNA), R (para repetido nas duas extremidades do RNA) e U5 ( por apenas 5 ‘RNA).

Estudos realizados sobre o efeito das exclusões de fragmentos ou substituições de base da sequência Solo-LTR A SE4-912A mostrou que os LTRs que têm todos os sinais necessários para o início e a rescisão da transcrição pela RNA Polymerase II (Fulton et al 1988, Hirschman et al., 1988, Dudley et al., 1999). As sequências do promotor (Tata Box) são ativas apenas ao nível do LTR em 5 ‘, porque exigem a presença de regiões regulatórias da transcrição, localizada a jusante no início da fase de codificação Tya (Fulton et al. 1988). Por outro lado, os locais de poliadenilação só são ativos ao nível do LTR em 3 ‘, pois exigem a presença de regiões regulatórias presentes apenas na parte 3’ do ARNm Ty (Hou et al., 1994). A região R do LTR é encontrada em ambas as extremidades da transcrição e é essencial para a transcrição oposta deste mRNA de cDNA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *